Aldeia de Paio Pires

domingo, agosto 30, 2009

Ela até pode mandatar algumas coisas, mas para isso não são necessárias eleições.




A rapariga que está à esquerda na foto a mulher ou ex mulher do jogador de futebol beto que provavelmente não sabe bem onde ficará o concelho do Seixal foi convidada pelo PS para ser a mandatária da juventude para o concelho do Seixal.

O PS depois de ter escolhido Carolino Patrocínio para mandatária da juventude a nível nacional e que tem como grande causa para os jovens os caroços das cerejas e as grainhas das uvas, brinda o concelho do Seixal com a aquisição da mulher de um jogador de futebol.

Não conhecendo a senhora, resta-me analisar o profundo conhecimento que a mesma demonstra do Concelho e segundo a entrevista dela ao 24 horas diz que após uma conversa com o candidato do PS ficou a conhecer bem o projecto para o Concelho do Seixal.

Diz a senhora que não sabe nem precisa de saber quantos habitantes tem o Seixal e diz também que as eleições são daqui a quatro anos.
Perante tanta sabedoria e conhecimento ficamos conversados acerca do projecto do PS para o Concelho do Seixal.

Esta é só mais uma demonstração do miserável projecto do PS para o Concelho do Seixal (não estão em causa os atributos físicos da senhora), mas de facto num concelho que se caracteriza por ser dos mais jovens do país, com imensos jovens que se destacam nas mais diversas áreas, o PS escolher esta senhora para mandatária só revela a incapacidade e desconhecimento da vida do nosso Concelho.

Não resisto a transcrever parte do editorial do 24 Horas jornal que promove alguma destas “destacadas figuras da sociedade” e que melhor do que ninguém saberão do que a casa gasta: “ O PS Seixal resolveu investir nesta moda de convidar gente conhecida para mandatária de qualquer coisa. E a escolhida foi Filipa Castro, também conhecida por Filipa Severo, mas mais conhecida ainda por ex-mulher de Beto. Agora a pergunta é: mas o que é que Filipa Castro tem a dizer sobre o que quer que seja? Mas há algum jovem que sonhe ser como Filipa Castro? Há alguém que a tenha como modelo a seguir? O 24 Horas tentou então perceber se a escolha teria a ver com eventuais conhecimentos políticos ou locais da senhora. O resultado foi o esperado: nem a data das eleições ela sabe. Não é assim que se credibiliza a política. Não é assim que se ganham eleições. E não é, sobretudo, assim que se serve a população."

Agora acrescento eu, mas é assim que alguns, inclusive membros do PS tiram as restantes duvidas e constatam que o PS não serve a população.

sábado, agosto 29, 2009

Hospital no Concelho do Seixal - Foi difícil, mas foi nossa.

Neste post podes encontrar duas fotos retiradas daqui, um vídeo com a notícia sobre o Hospital (onde fala uma ilustre senhora da nossa Aldeia, a Dona Maria do Rancho Estrelinhas do Sul) e um volante da Câmara Municipal do Seixal.

Uma das curiosidades das fotos aqui colocadas é reparar que no Concelho do Seixal também já temos um emplastro, este não diz que é filho do Pinto da Costa, mas diz que é presidente.

Na Fidalga também tivemos oportunidade de ouvir a Ministra da Saúde dizer que tinha muito orgulho de estar numa terra de liberdade, num Concelho de Abril e que apesar de faltarem equipamentos de saúde da responsabilidade do governo, a Câmara Municipal do Seixal fez um bom trabalho sendo o Concelho do Seixal líder das cidades saudáveis (grande cabeção para os meninos do circo de Corroios).

Considero que a assinatura do protocolo foi um passo decisivo para a construção do Hospital no Seixal, mas devemos manter-nos vigilantes, pois sabemos bem o que se passou com Universidade Aberta a Câmara Municipal Do Seixal investiu num terreno (aquisição da Mundet) assinou um acordo com o governo, depois veio outro governo PS e mandou o protocolo às malvas.

Por isso a melhor garantia para o Hospital no Seixal ser uma realidade é votar na CDU para as legislativas e autárquicas pois somente os eleitos do PCP e do PEV estiveram sempre ao lado das populações e das comissões de utentes e já sabemos que PS/PSD não são de confiança.

A Conquista do Hospital no Seixal demonstra uma vez mais que vale a pena Lutar.










video

domingo, agosto 23, 2009

Terrenos da antiga SN, quem pretende o progresso e quem se opõem.







Nos últimos tempos tivemos oportunidade verificar que o governo considerou o projecto da CM do Seixal para a área da antiga Siderurgia Nacional em Paio Pires fundamental para o desenvolvimento da região. O projecto do Arco Ribeirinho Sul é exactamente a proposta das autarquias de Seixal, Almada e Barreiro e que mereceram a crítica e oposição do PS no distrito de Setúbal.

Não podemos deixar de relembrar a oposição do chefe do PS no distrito de Setúbal, o senhor Vítor Ramalho que dizia cobras lagartos deste projecto e acusava o poder local de ter um mau projecto para estas áreas, chegando mesmo ao ponto de denunciar junto da autoridade ilegalidades neste projecto o que se veio a provar que não se passava mais nada a não ser uma tentativa do PS de boicotar o desenvolvimento da margem sul. Outra pessoa que se tem manifestado contra o projecto previsto para os terrenos da antiga siderurgia nacional é o actual chefe do PS no Concelho do Seixal, o senhor Nuno Tavares e 1º candidato do PS à Assembleia Municipal, este senhor é contra a requalificação dos antigos terrenos da Siderurgia Nacional.

Não podia deixar de colocar aqui esta situação o Vítor Ramalho foi o cabeça de Lista à Assembleia Municipal do Seixal nas ultimas eleições autárquicas, este bandalho que enche a boca para falar de credibilização dos políticos faltou a mais de metade das Assembleias Municipais e de modo a se premiar a si próprio candidatou-se agora à Assembleia Municipal de Setúbal, fica desde já a saber o povo do Concelho de Setúbal que o Vítor Ramalho alem de se opor ao progresso do vosso Concelho, dificilmente porá os pés nas Assembleias Municipais para a qual foi eleito.

Uma vez mais convido todos a consultar a moção proposta pela CDU na Assembleia de Freguesia da Aldeia de Paio Pires e que foi aprovada por unanimidade.

Viva Cuba



Não resisti a aproveitar a foto destes nossos camaradas, obrigado ao povo cubano pela lição de humildade que dão todos os dias ao pseudo democratas deste mundo.

Mais depressa se apanha um mentiroso que um coxo


Já por diversas vezes tive oportunidade de afirmar que os blogues são um espaço interessante, mas em altura de eleições esse interesse decresce. Não importa se o autor assume a identidade ou não, pois muitos dos que dizem assumir a identidade depois criam outros pseudónimos para parecerem muitos, esse é um dos motivos que leva este blog a navegar a meio gás nesta altura, depois de 11 de Outubro seguramente retomaremos a normalidade.

Não foi com grande surpresa que ficámos a saber que o vereador Samuel Cruz assinava vários comentários a elogiar-se a si próprio com outra identidade, mas não deixa de ser interessante constatar como estes aldrabões se espalham ao comprido. Em tempos recordo-me também de ver o anterior candidato do BE à CM do Seixal e agora candidato do BE à Assembleia de Freguesia de Corroios assinar com uma identidade falsa (Jorge) a criticar os trabalhadores que não pensavam da mesma maneira que o António Chora.

Uma vez mais constatamos que as semelhanças são por demais evidentes.

sábado, agosto 22, 2009

Morais e Castro um dos “imprescindíveis".


Quando tive a oportunidade de ver o nosso camarada ler a intervenção do Álvaro dizia-me um camarada mais experiente vais ver quanto tempo estará o Morais sem ir à telvisão, sinceramente não me recordo quanto tempo foi, mas foi seguramente tempo demais.

segunda-feira, agosto 10, 2009

Trabalhador morre electrocutado












Infelizmente deu-se mais um acidente trágico com um Trabalhador subcontratado da SN Seixal (Aldeia de Paio Pires), as condições de segurança em muitas empresas deixam muito a desejar e quando acontecem as paragens para manutenção e se recorre a pessoal que desconhece por completo o local de trabalho o perigo que por vezes já é muito grande, aumenta exponencialmente.

Aos familiares da vitima as nossas condolências, aos trabalhadores de todas as SN’s a nossa solidariedade na luta por condições dignas de trabalho.

quarta-feira, agosto 05, 2009

Para o ano volta ao normal



Este ano ao contrário dos anos anteriores passaram pelas Festas da Aldeia de Paio Pires mais partidos políticos. No ano passado somente esteve presente o PCP. Este ano como é ano de eleições também esteve o PS e passaram por lá o PSD e o CDS, o BE esteve ausente como é habitual.

O CDS passou pelas festas no domingo quase não se dando pela sua presença. O PSD tentou dar um ar de quem defende a festa brava e passou por lá na Sexta-feira dizendo que o único problema de Paio Pires é a praça de toiros que deve ser recuperada, pois é um partido que defende tradições, isto vindo do PSD que proibiu corridas de toiros em Sintra, Cascais, que mandou abaixo a Monumental de Cascais e que esteve contra as festas de Barrancos, esta atitude somente provocou indiferença na população da Aldeia de Paio Pires, não sendo assim de estranhar que praticamente ninguém(se existiu alguém) da freguesia que tenha subscrito o abaixo assinado promovido pelos oportunistas.

O PS ao contrário dos anos anteriores teve um stand na festa, provavelmente pela falta de hábito tiveram tremendas dificuldades em montar o mesmo, levando a que só o conseguissem deixar operacional ao 2º dia de festa, quem não consegue montar um pequenito stand numas festas, não tem condições para governar o que quer que seja, assim dizia um camarada meu da Siderurgia.

O PCP, marcou presença como é habito nas Festas Populares da Aldeia de Paio Pires, escutando e dialogando com as gentes da nossa terra, sobre os nossos problemas e de como os podemos enfrentar, temos consciência que temos grandes responsabilidades na autarquia e continuaremos a ter, porque temos capacidade para estar sempre junto da população nos bons e maus momentos, sejam eles períodos eleitorais ou não. Pois estamos ao serviço do povo e não de eleitores.

Não deixou de ser curioso verificar que elementos do PS andassem a fazer perguntas sobre algumas pessoas que estavam no pavilhão do PCP, procurando saber se iriam integrar as listas da CDU, demonstra bem que os actuais dirigentes do PS na nossa freguesia têm hábitos próprios de senhores do antigo regime e que deveriam envergonhar todos aqueles que se bateram pela democracia em Portugal.

Para o ano que vem, não estaremos em período eleitoral e uma vez mais só teremos presente nas Festas Populares da Aldeia de Paio Pires, o Partido Comunista Português.

Para o ano há mais.


Já passaram mais umas festas populares da Aldeia de Paio Pires, na minha opinião são as melhores, não fossem elas as da minha Aldeia, as festas das gentes da nossa terra são sempre as melhores.

Nesta altura do ano temos oportunidade de rever velho(a)s amigo(a)s e as Festas da nossa Aldeia são cada vez mais um ponto de encontro para as gentes do nosso Concelho, pois ultrapassam e muito os limites da freguesia. O seu cariz popular diferencia-a das restantes e um pouco por toda a zona das Festas na Aldeia vamos presenciando festas dentro da Festa.

Não posso deixar de dar os meus parabéns ao executivo da Junta que com um reduzido orçamento pouco mais que 30 mil euros conseguem levar a cabo uma festa que movimenta milhares de pessoas. Isto não seria possível sem o grande envolvimento do movimento associativo, da comissão taurina, dos comerciantes e do povo da nossa Aldeia que vive a Festa como ninguém.

Em todas as festas existem alguns momentos curiosos e não resisto a partilhar um convosco. O Café Nova Lisboa que comemora 50 anos de actividade como vem sendo habitual lançou uma t shirt alusiva ás Festas da Aldeia e na qual constava uma caricatura da procissão idêntica à que temos no post abaixo, parece que o desenho causou alguma indignação em espíritos menos católicos, que rapidamente condenaram a mesma, o padre da Aldeia, para por fim à polémica que nunca deveria ter começado comprou um t shirt e de imediato o que era motivo de indignação deixou de o ser.

Foram cinco dias vividos intensamente na certeza de que para o ano as Festas Populares da nossa Aldeia serão uma vez mais únicas. Certamente que com um pouco mais de esforço e com o grande contributo de todos nós poderão ser ainda um pouco melhores.

A seguir virá a minha visão política sobre as Festas da Aldeia.