Aldeia de Paio Pires

quarta-feira, Fevereiro 17, 2010

Alguns tentáculos do polvo (Distrito de Setúbal) e não é preciso escutas.



Parece que alguns descobriram que José Sócrates e o governo do PS são aldrabões, sinceramente não preciso de saber de nada que esses senhores fazem ás escondidas, pois o que eles fazem ás claras é mais do que suficiente para poder afirmar que são mentirosos, trapaceiros, incompetentes e que têm afundado o nosso país com a conivência de alguns que hoje os acusam. Esses estão interessados em preparar a alternância (PSD/CDS) pois sabem que tudo continuará na mesma embora com outras caras.

Dizia eu, que tudo o que fazem ás claras é suficiente e não é preciso recuar muito no tempo, basta tomar como exemplo algumas decisões do PS aqui na região.

Num jantar de apoio à CDU no Concelho do Seixal afirmou-se aqui que Carreira Querido e Ivone da administração da empresa pública que detém os terrenos da antiga Siderurgia na Aldeia de Paio Pires, estiveram presentes no mesmo. Curiosamente passado o período eleitoral estes dois administradores da empresa publica que opera na Aldeia de Paio Pires já foram saneados pelo PS, que se prepara para colocar à frente da empresa publica o candidato derrotado do PS na Câmara Municipal de Palmela, o Boy ou Boi como lhes chama a Cow Girl do PS Ana Gomes.

Mas o Fonseca Ferreira não foi o único candidato derrotado do PS na região de Setúbal colocado em lugar estratégico de modo a dificultar a vida ás populações da região que votaram na CDU para as autarquias. Teresa Almeida do PS que perdeu as eleições em Setúbal, foi colocada na CCDR. Não deixa de ser curioso que o PS tenha acusado Dores Meira e a CDU de não terem legitimidade para governar Setúbal (viu-se que tinha com a recente vitoria nas eleições) quando Carlos Sousa saiu e que o PS ao fim de somente três meses depois das eleições autárquicas a sua candidata tenha abandonado Setúbal para ir ocupar um tacho pelos serviços prestados ao governo. Não será muito difícil perceber que Teresa Almeida que discordava do projecto da CDU para Setúbal tudo fará para dificultar o trabalho do executivo da CDU na CM de Setúbal, pois essa será a sua vitoria na secretaria, visto que a população a derrotou nas urnas. É desta forma clara e ás claras que o governo do PS utiliza os meios do povo português para servir os seus mesquinhos interesses partidários.

De uma forma clara também posso vos mostrar como se utilizam estes boys do PS para dificultar à vida às populações:

Município do Seixal
Regeneração urbana - Valorização da Frente
Ribeirinha de Amora
6.500.850,00 - 2.860.374,00 - 6,84

Câmara Municipal de Alcochete
Programa de Acção para a Regeneração da Frente
Ribeirinha da Vila de Alcochete
6.348.432,00 - 3.174.216,00 - 6,82


Câmara Municipal do Barreiro
REPARA - Regeneração Programada da Área
Ribeirinha de Alburrica
6.561.664,00 - 3.190.176,00 - 6,80


Município de Vila Franca de Xira
Requalificação da Frente Ribeirinha da zona sul do
concelho de Vila Franca de Xira
6.950.000,00 - 3.475.000,00 - 6,54


Câmara Municipal do Montijo
Requalificação e Dinamização da Frente Ribeirinha
do Montijo
6.917.113,56 - 3.458.556,78 - 6,21


Câmara Municipal de Lisboa Ribeira das Naus - Reencontrar o Tejo
9.980.000,00 - 3.500.000,00 - 6,20


Como podemos ver através dos dados fornecidos pela CCDR o município do Seixal apresentou o melhor projecto (mais pontuado), mas curiosamente ou talvez não, o projecto do município do Montijo que foi considerado mais fraco do que o do nosso Concelho teve uma taxa de financiamento mais elevada, pois os interesses do PS são superiores aos interesses das populações.

Estes foram somente pequenos exemplos de situações recentes, circunscritos ao distrito de Setúbal e feitos ás claras, por isso não precisamos de conhecer o que fazem o PS e os seus dirigentes ás escondidas para perceber o Polvo de Sócrates e os seus tentáculos.

sábado, Outubro 31, 2009

Oposição de direita (PSD/PS e BE) tenta golpe em Fernão Ferro


Em Fernão Ferro a CDU venceu com cerca de 40% dos votos, mais 5% que o governo PS/Sócrates. Na Freguesia de Fernão Ferro a CDU entendeu formar executivo sabendo que não tinha maioria encetou contactos com as diferentes forças da oposição, começando por perguntar ao BE se estava disponível para viabilizar um executivo da CDU ou fazer parte desse executivo, o eleito do BE mostrou-se indisponível para o executivo, mas disse que viabilizava o executivo da CDU. O Presidente da Junta de Freguesia Carlos Pereira tentou ainda ouvir os membros do PSD e PS que se mostraram indisponíveis, provavelmente já preparavam a golpada, nada de estranhar vindo dos partidos do bloco central de interesses.


Curiosamente o eleito BE que se mostrava disponível, depois de receber ordens dos chefes do BE no Concelho do Seixal disse que não viabilizava um executivo da CDU e que a oposição (PSD, PS e BE) presumo que sob as ordens do partido mais votado o PSD, pretendiam 3 lugares no executivo e a CDU ficaria com 2.


Segundo os resultados eleitorais e aplicando o método de hondt a CDU teria sempre direito a 3 elementos no executivo, mas a direita PSD/PS e BE acharam que a democracia não deve imperar em Fernão Ferro e queriam impor um executivo com a maioria destes partidos que a população de Fernão Ferro não legitimou e impor um programa que a população de Fernão Ferro não sufragou.


A golpada orquestrada pela direita em Fernão Ferro, não poderia passar e assim dentro de algum tempo haverá novas eleições, pois PSD/PS e BE, pouco se borrifando para a população de Fernão Ferro e mais interessados nos seus nojentos e mesquinhos interesses partidários, criaram agora dificuldades ao funcionamento da Junta nos próximos tempos.


Esta situação deu para alguns perceberem caso tivessem duvidas de qual o papel do BE, eles servem para fazer o jogo da direita. No futuro já sabem votar no BE é dar força ao PSD e enfraquecer a esquerda.


A população de Fernão Ferro irá decerto julgar o vergonhoso comportamento da direita e penalizar os golpistas nas urnas.


Camaradas e amigos de Fernão Ferro com toda a confiança dentro de alguns meses o massivo apoio da população de Fernão Ferro irá repor de novo a normalidade na freguesia e a CDU poderá continuar a desenvolver um bom trabalho na Freguesia.




Uma pequena nota aqui pela Aldeia de Paio Pires a CDU venceu com a maioria absoluta, o candidato do PS nem sequer tomou posse, isto demonstra bem a oposição no Concelho do Seixal.

terça-feira, Outubro 27, 2009

Venceu o povo da Aldeia


Sabemos que já vem um pouco tarde, mas a ainda antes da tomada de posse, primeiro em relação aos resultados na freguesia da Aldeia de Paio Pires.

Como seria de esperar venceu a CDU na Aldeia, pois tem sido a única força política com propostas para a Aldeia de Paio Pires e em 2009 apresentou uma equipa renovada que mereceu a confiança dos eleitores e o seu reforço eleitoral.

A CDU conseguiu nestas eleições eleger mais um membro para a Assembleia de Freguesia, o PS com uma lista fraca e com ideias absurdas viu reduzida a sua força na Aldeia de Paio Pires, no final do mandato a média de idades dos 3 eleitos do PS na Assembleia de Freguesia de Aldeia de Paio Pires será cerca de 70 anos o que demonstra bem a incapacidade de renovação do PS.

A CDU por sua vez foi capaz de aliar a experiência à juventude o que poderá permitir um trabalho algo diferente neste novo ciclo eleitoral. Está de parabéns o Fernando Gomes pois consegue liderar uma equipa e um projecto que cresceu eleitoralmente como nenhum outro no Concelho do Seixal. A votação da CDU subiu na Aldeia de Paio Pires cerca de 7% a mais alta subida em todo Concelho.

Nestas eleições a CDU voltou a vencer em todas as mesas da freguesia com votações bastante elevadas nas mesas onde votam os mais jovens ou os novos moradores, mesmo no Casal do Marco onde normalmente não chega aos 50%, desta vez andou próximo dos 55%, foi de facto uma subida considerável em toda a freguesia, foram mais 500 votos do que nas eleições autárquicas de 2005, ou seja o eleitorado da CDU cresce mais de 25 % na freguesia. O PS é o grande derrotado desce em numero de votos e perde um mandato, como já o referimos esse resultado não é surpresa para ninguém e não temos duvidas que com um maior distanciamento entre os actos eleitorais o PS, poderia ter uma quebra bem maior e ao contrário do que afirmam alguns dos dirigentes do PS a elevada abstenção beneficia os partidos da oposição basta verificar que nestas eleições a CDU cresce eleitoralmente devido aos que vieram votar de novo e indo buscar votos ao PS. O PSD e o BE praticamente mantiveram a sua votação obtendo uma ligeira subida e o CDS não concorreu para a Assembleia de Freguesia da Aldeia de Paio Pires curiosamente a terra do João Noronha candidato à CM do Seixal, na nossa opinião caso o tivesse feito poderia retirar muitos votos ao PSD, não pela grande valia do projecto do CDS que é inexistente, mas pelo facto de apanhar a boleia das eleições legislativas.

Com a vitória da CDU ganhou a população da nossa Aldeia, pois todos sabemos que teremos uma Junta de Freguesia ao serviço da população da Aldeia de Paio Pires e que esta servirá os interesses de toda a população da freguesia.

Passemos então aos números algo do agrado da generalidade da população e que muitas das vezes não são o mais importante:


2005 2009



BE 6.46 BE 7.62

CDU 49.84 CDU 56.5

PS 27.87 PS 23.88

PSD 8.73 PSD 9.49

CDS 1.22

Uma ultima nota para o papel da comunicação social no Concelho do Seixal que salvo uma ou outra honrosa excepção se mostrou completamente colada aos candidatos do PS e do PSD. Basta ver que o Comércio do Seixal no seu primeiro número após o acto eleitoral vem dizer que a abstenção verificada no Seixal é a maior em Portugal, algo que é falso bastava verem que em Cascais (PSD) a abstenção é superior e que nos concelhos de Amadora (PS)e Sintra (PSD) é semelhante, mas custa-lhes verificar que a população do Concelho do Seixal se identifique com o projecto autárquico da CDU e que nestas eleições votaram mais alguns milhares de pessoas que em 2005 e essas entenderam dar a sua confiança a um projecto que tem sido construído com o contributo da população do Concelho Seixal, oriunda dos mais variados quadrantes políticos.

Espero que todos os eleitos dos diversos quadrantes políticos saibam estar à altura da confiança que os fregueses da nossa Aldeia de Paio Pires em si depositaram.

Um bom trabalho é o que desejamos a todos.


sexta-feira, Outubro 09, 2009

No dia 11 a população da Aldeia de Paio Pires vota CDU

Um programa e uma equipa ao serviço da população da Aldeia de Paio Pires.








quinta-feira, Outubro 08, 2009

O voto inútil

Nada melhor que ouvir alguns candidatos da oposição (PS) no concelho do Seixal para perceber que o voto no PS é um voto nulo que não serve a população do Concelho do Seixal.

Vê o vídeo e delicia-te com PS Seixal futuristico.

quinta-feira, Setembro 17, 2009

2840 não se conforma

A nossa Aldeia de Paio Pires é parte integrante e fundamental do Concelho Seixal.

Esta é sem qualquer tipo de duvida uma canção marcante e nada melhor que um dos seus protagonistas para a descrever:

"A 'Canção do Seixal', é um convite para uma viagem à génese da nossa Portugalidade, sua diáspora e miscigenação. Os êxodos e caminhadas em direcção a uma terra prometida, o 'Seixal' imaginário de um sonho colectivo.Ter na bagagem a lembrança e consciência da nossa herança multi-étnica e pluricultural, que é riquíssima, fez com que me parecesse ser natural cruzar nesta canção paisagens musicais tais como; a solidão de uma flauta lá ao sul de tudo, recordando contos mouros, com um berimbau brasileiro oriundo de um ritual nativo. A gaita-de-foles transmontana das lendas celtas, com chulas e bombos ancestrais. O murmúrio de um canto colectivo da planície alentejana, com vozes femininas de um folclore minhoto. Os ritmos africanos entrelaçados com adufes e fandango. O baile mandado com o hip-hop. A guitarra de fado com os ornamentos de cordas árabes. O cigano e o judeu, o celta e o árabe. Enfim?um pouco de todos nós!E tudo isto com sabor português, nosso?Naturalmente que vivemos em 2009 e há que contemporizar um som, uma forma. Daí que se recorreu também a recursos electrónicos, para que o processo de comunicação seja correcto e autentico, o do nosso tempo."O Seixal somos nós, o Seixal sou eu" é talvez apanágio de pensar localmente mas agir globalmente."

Rui Filipe

sexta-feira, Setembro 11, 2009

Festa do Avante - Atalaia Amora Seixal

NOTA DE IMPRENSA


Tendo tomado conhecimento de uma nota de imprensa do Partido Socialista sobre o valor patrimonial da Quinta da Atalaia, na qual o candidato do Partido Socialista a Presidente da Câmara do Seixal afirma estar indignado por a Câmara do Seixal não actualizar o valor matricial da referida Quinta o que beneficiaria o PCP no pagamento de IMI e prejudicaria o Município do Seixal, a Comissão Concelhia do Seixal do PCP, vem prestar os seguintes esclarecimentos:

1- Nos termos do disposto no Código do IMI a actualização dos valores patrimoniais dos prédios rústicos é efectuado pelo Serviço de Finanças, pelo que a Câmara Municipal do Seixal não tem qualquer responsabilidade na fixação do valor patrimonial da Quinta da Atalaia.

2- Acresce que o valor patrimonial da Quinta da Atalaia não tem qualquer repercussão no valor do IMI a pagar pelo PCP, porquanto os Partidos Políticos, nos termos do disposto na alínea d) do n.º 1 do artigo 10.º da Lei 19/2003 de 20/6, estão isentos do pagamento do IMI.

3- Quanto ao afirmado pelo candidato do Partido Socialista, as mesmas apenas demonstram que – para além de não conhecer o concelho do Seixal e não ter propostas para o mesmo – Samuel Cruz, apesar de afirmar no seu currículo ser licenciado em direito, nada sabe sobre Leis, e que quem não sabe do seu oficio, nunca saberá gerir uma Câmara Municipal.

4- O PCP e a CDU ao contrário dos seus adversários políticos continuarão a fazer a sua campanha eleitoral junto da população, esclarecendo e apresentando propostas para uma vida melhor no Concelho do Seixal e no país. Compreendemos que PS/PSD não tendo propostas para o concelho do Seixal e para Portugal e sendo os principais responsáveis pela difícil situação que em que se encontra o povo português tenham necessidade de fazer campanha assente em mentiras e criando factos políticos que em nada contribuem para a melhoria das condições de vida das populações.

Seixal, 10 de Setembro de 2009
Comissão Concelhia do Seixal do PCP

Agradecemos o envio da nota de imprensa e achamos curioso que nenhum orgão de comunicação social tenha publicado, mas ajuda a perceber bem que a imprensa em Portugal é condicionada.