segunda-feira, setembro 22, 2008

Não existem duvidas, são iguais a ele











Aquando do congresso da JS já tinha achado risível o grande tema do mesmo, as questões fracturantes, como já não se fala na Interrupção Voluntaria da Gravidez, o tema agora é o casamento entre pessoas do mesmo sexo e outros pequenos temas em torno destas questões dita fracturantes, precisamente numa altura em que os jovens portugueses enfrentam graves e complexos problemas, existe cada vez mais desemprego em jovens licenciados e qualificados, o emprego que na maioria das vezes os jovens conseguem é precário e não lhes permitem qualquer segurança deixando assim os jovens impossibilitados de seguirem o seu projecto de vida, o acesso a habitação é cada vez mais uma miragem, constituir família é cada vez menos uma opção, a população portuguesa está a diminuir e poderia continuar por um sem numero de situações que afectam realmente a grande maioria dos jovens portugueses e que parecem não preocupar a juventude socialista, mas estes fizeram de questão de fazer a sua afirmação politica em torno das questões ditas fracturantes, pois falar de outras questões mais complexas poderá queimar o futuro politico dos jovens socialistas.

Um mérito tem que ser reconhecido aos jovens socialistas, aprendem depressa com os altos dirigentes do seu partido e assim a Juventude Socialista que tinha elegido as questões fracturantes como o grande problema da juventude, enfia a viola no saco e para o ano que vem depois das eleições se o clima for propício a isso, eles lá se lembrarão dos compromissos que haviam assumido.

Pelo menos serve para demonstrar que na Juventude Socialista, já existem seguidores para os Vitalinos Canas, para os Josés Lellos, Jorges Coelhos e outros “aperelhistas” do regime, é fácil perceber que a mensagem da JS se destinava ao primeiro-ministro Jose Sócrates, pois estes apesar de mais novos em nada diferem do pseudo engenheiro, são iguais a ele.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home