sexta-feira, janeiro 02, 2009

Ficam com a carne e gulosos como são até com os ossos ficam, a nós deixam-nos com a porcaria que fizeram.


No mesmo Conselho de Ministros o governo do PS decidiu privatizar mais 10% da Siderurgia Nacional, por 32 milhões de euros, nada de novo o governo continua a delapidar o nosso património, mas onde será investido esse dinheiro, na recuperação do passivo ambiental da antiga siderurgia, no apoio aos antigos operários da Siderurgia que são demasiado novos para a reforma e com idade demais para o mercado de trabalho, na melhoria das condições de vida dos paiopirenses que tem sido afectados por anos de exploração da indústria siderúrgica e nunca viram o governo fazer qualquer investimento de modo a melhorar as suas condições de vida. Os 32 milhões de euros seriam mais do que suficientes para construir um equipamento de saúde na Aldeia de Paio Pires que já há muito necessita de um.

Veremos se os milhões proporcionados por esta privatização não terá o mesmo destino das anteriores, apanham-se com o dinheiro e não resolvem nenhuma dos problemas que deixaram.

5 Comments:

Blogger Samuel Cruz said...

Caro Aldeia,

O que falta justificar não é o que refere, mas antes o porquê da Câmara Municipal do Seixal nunca ter autorizado o aterro destinado a tratar estes e outros residuos perigosos do concelho - e apenas com origem no concelho (tendo para esse efeito o então Ministro do Ambiente José Socrates emitido a respectiva licença ambiental) e o estado constituido a empresa que o iria explorar. Para que o problema fosse resolvido só faltou mesmo o aval da autarquia e como nunca chegou a licença caducou. Sabe isto não sabe sr. Aldeia? Mas omitiu e omitiu porque neste concelho o importante não é resolver os problemas das pessoas o importante é angariar capital de descontentamento contra o Governo. Vergonhoso!

10:39 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Há pouco mais de um ano neste blog, sobre o aterro da Ecodetra tive oportunidade de dizer o seguinte ao senhor vereador “quanto ao aterro de resíduos perigosos que José Sócrates queria colocar no Concelho do Seixal este entraria em funcionamento e não havia garantias do governo de que se procedesse à reconversão dos terrenos da antiga siderurgia, a CM do Seixal fez na minha opinião o que tinha a fazer dava a licença mediante o compromisso da resolução do passivo ambiental do Concelho do Seixal, se não o tivesse feito nesta altura teríamos centenas de camiões carregados de resíduos perigosos a atravessar as estradas do nosso Concelho diariamente para depositar no aterro da ECODETRA de Fernão Ferro e resolução do passivo ambiental nada, como uma vez mais ficou provado neste orçamento de estado com a recusa do PS em incluir verbas para a resolução do passivo ambiental deixado na Aldeia de Paio Pires.”

O que escrevi em Novembro de 2007 está completamente actual com a agravante de o governo do PS ter arrecadado mais 32 milhões de euros com os negócios da antiga Siderurgia e esquecer-se uma vez mais de resolver o problema do passivo ambiental como lhe compete.

O senhor vereador já demonstrou saber defender os seus interesses pessoais, os da população do Concelho do Seixal, sabemos uma vez mais que não defende. É vergonhoso que o senhor vereador saiba que existam cerca de 1 700 000 toneladas de resíduos, dos quais só seriam tratados no aterro da Ecodetra cerca de 15% (pouco mais que 200 000 toneladas). Com a solução do senhor vereador a grande maioria dos resíduos da antiga siderurgia ficariam por resolver cerca de 1 500 000 toneladas, ou seja, o problema do passivo ambiental na Aldeia de Paio Pires mantinha-se.

Como tal acho muito bem que a Câmara Municipal do Seixal só autorize a instalação do aterro, como contrapartida da resolução plena do passivo ambiental da antiga siderurgia.

Se a Câmara Municipal do Seixal fizesse o que o senhor vereador pretende o problema do passivo ambiental não seria resolvido, mas a Mota Engil (que detém parte da ECODETRA) onde está o socialista Jorge Coelho agradecia a licença para uma Estação de Tratamento de Resíduos Perigosos, é fácil perceber que interesses defende o senhor vereador do PS, os interesses da população do Concelho do SEIXAL, não são certamente.

aldeia pp

8:45 da manhã  
Anonymous Paulo Silva said...

Grande resposta Aldeia! Cinco Estrelas! Os meus parabéns.

8:58 da manhã  
Anonymous Pensar o Seixal no Século XXI said...

Pedindo antecipadamente desculpa ao bloguer pela intromissão, gostariamos de informar que existe um novo blogue sobre o Seixal que poderá visitar em:

www.pensarseixal.wordpress.com

Cumprimentos,
Filipe de Arede Nunes

11:45 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Será demais pedir uma contra- resposta?- Eu gostaria de a ler, de ter mais esclarecimento. Vai-se dignificar a responder?

6:01 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home