quinta-feira, outubro 23, 2008

Ontem, como hoje


A GEBALIS é a empresa municipal que faz a gestão dos bairros municipais de Lisboa e onde normalmente PSD e PS colocam os seus BOYS para se servirem e servirem os seus interesses, esquecendo na maioria das vezes a função para que foi criada, o prejuízo que os antigos gestores da GEBALIS (dois do PSD, um do PS), causaram à empresa é de cerca de 200 mil euros, mais de um terço do total que a Câmara Municipal de Lisboa transfere para a empresa e numa altura em que a empresa municipal vive grandes dificuldades financeiras.

Desta forma se delapida o nosso património é por isso que muitos gestores têm resultados decepcionantes à frente de empresas públicas e depois de fazerem o seu péssimo serviço ainda lhes arranjam colocação nos mais variados organismos e ou empresas privadas normalmente na área onde se destacaram pelos piores motivos na administração de empresas publicas.

Ainda há dias um camarada meu lia no jornal o favorecimento do governo do PS à Mota Engil onde está o Jorge Coelho, um dos homens fortes do aparelho socialista e dizia-me ele, "quando trabalhava na siderurgia, eram adjudicadas diversas empreitadas à Mota e normalmente a Mota ficava com diverso material que era propriedade da Siderurgia como as garrafas de GPL ou Acetileno e não eram uma ou duas, eram às dezenas e quando chegava o fornecedor para recolher as vazias estas não existiam pois tinham desaparecido, obrigando a empresa a custos adicionais, enquanto não a destruíram não descansaram e ainda têm a lata de culpar os trabalhadores que foram os grandes prejudicados com a destruição da Siderurgia Nacional."

Ontem, como hoje, vemos que não é muito diferente, há uns anos atrás culpavam-se os metalúrgicos, serralheiros ou soldadores como pretexto para encerrar ou privatizar as fabricas, hoje culpam-se os cantoneiros, auxiliares de educação, professores, médicos ou enfermeiros para se encerrar serviços públicos ou privatiza-los, mas ontem como hoje, quem se tem servido dos recursos do nosso país têm sido principalmente a rapaziada do PS/PSD e as suas famílias amigas que estão cada vez mais ricas, enquanto a grande maioria dos portugueses está cada vez mais pobre.

Ontem, como hoje, temos obrigação de continuar a Luta, porque temos a certeza que Portugal será um país melhor, quando a politica servir os interesses da classe trabalhadora.

2 Comments:

Anonymous luis lopes said...

Pois é,a culpa da falência da SN é da motta que se fartou de roubar vasilhame de gas,assegorou um amigo teu,por sinal anónimo.O defunto António do Telhado não faria melhor.No penultimo parágrafo,a seguir aos cantoneiros,esqueceste os jardineiros.Tens conhecimento dos serviços entregues a privados no nosso Munícipio,em que intervinham estas duas classes profissionais,ou preciso de te fazer um desenho.Escusas de me responder que é o governo do Sócrates que não deixa os Municípios contratarem pessoal,que essa não colhe.Até na junta tens serviços de limpeza de mercados e manutenção de jardins entregue a privados.Não me venhas dizer quantos funcionários tem a junta, que eu sei.Não me perguntes que solução é que eu dava a estas duas questões,porque eu sei como resolver, mas não te digo.

8:07 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Não foi somente o vasilhame era mesmo o produto pertença da Siderurgia e exemplos destes sucediam um pouco por todo o lado na fábrica, julgo que percebeu, mas é sempre mais fácil culpar os trabalhadores.

Quanto aos serviços públicos serem entregues a privados sou contra, mas aceito que existe essa necessidade pontualmente, ao contrário do PS/PSD que um pouco por todo o país em diversas autarquias têm privatizado a 100% água, saneamento ou a limpeza e recolha de resíduos sólidos sem que se oiça qualquer contestação por parte dos seus membros, no Concelho do Seixal existiu necessidade de em alguns casos pontuais (espero que seja temporário), pois o serviço prestado à população não era satisfatório, como tal existiu essa necessidade, no meu entender a resolução desse problema passa pelo constante investimento nessas áreas, tal como a Câmara Municipal do Seixal o tem feito para vosso desgosto, neste mandato foi feito um elevado investimento em viaturas de recolha de lixos e em pessoal como se comprova pelo recente concurso para 20 cantoneiros de limpeza, é desta forma que se pode garantir um serviço publico de qualidade e essa é na minha opinião uma boa aposta.

aldeia pp

9:58 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home