terça-feira, outubro 21, 2008

Portugal entre os países com maiores desigualdades sociais


Um estudo da Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Económico (OCDE) mostra que Portugal é um dos países com maiores desigualdades na distribuição de rendimentos pelos cidadãos, tendo aumentado o fosso entre ricos e pobres nos últimos vinte anos.

Decerto que não tardarão as piruetas e as desculpas bacocas de alguns que dirão que Portugal é exactamente o contrário do que é apresentado neste estudo e não demorará muito até que comecem a apresentar um sem número de desculpas e novos culpados, dirão que a culpa é da conjuntura internacional, não estranharei muito se aqui pela Aldeia de Paio Pires e no Concelho do Seixal ouvir dizer que a culpa é dos comunistas e do 25 de Abril, dos governos de Vasco Gonçalves, das autarquias comunistas, dos trabalhadores que encerraram fabricas e as venderam ao desbarato, dos trabalhadores da administração publica e dos privilégios dos reformados, enfim os dispartes do costume.

Quem governou o país nos últimos vinte anos seguramente não teve qualquer responsabilidade, PS/PSD com o auxilio do CDS dividiram irmãmente os nossos destinos nos últimos vinte anos de desgoverno do nosso país com políticas de direita, Cavaco Silva cerca de sete anos, Durão Barroso, Santana Lopes e Paulo Portas três anos, pelo lado do Partido que se diz Socialista mas que executa uma politica de direita tivemos cerca de seis anos e meio do desgoverno de Guterres, onde fazia a formação o engenheiro Sócrates e agora sofremos as consequências dos desvarios do governo do PS chefiado pelo outrora engenheiro, estes senhores conseguiram fazer de Portugal um país mais desigual onde meia dúzia de amigos viram crescer muito a sua riqueza e no outro extremo os trabalhadores e as classes mais desfavorecidas ficaram cada vez mais pobres, com particular incidência os jovens adultos e as crianças, como tal a desculpa que não existe riqueza suficiente para redistribuir é mais uma das tretas que nos impingem, existe riqueza só que está cada vez mais concentrada nas mãos de uns quantos privilegiados.

As políticas seguidas por PS/PSD e CDS demonstram que o seu modelo de desenvolvimento para o nosso país está errado, pois conduzem o povo português ao miserabilismo, o que fizeram os dirigentes de PS/PSD aos mais de 50 000 milhões de euros de fundos comunitários e mais de 33 000 milhões de euros de receitas de privatizações, ao longo dos últimos 20 anos, certamente que serviram para engordar as sumptuosas fortunas de alguns amigos do regime, enquanto a grande maioria dos portugueses foi condenada ao empobrecimento, somente uma ruptura com as politicas de direita dos partidos do centrão (PS/PSD e CDS) poderão permitir uma melhoria das condições de vida dos portugueses, é tempo de lutar, é tempo de mudar.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home