quinta-feira, janeiro 22, 2009

Segurança de proximidade


A divisão policial do Seixal nunca teria sido uma realidade se a Câmara Municipal do Seixal não se tivesse empenhado em torna-la realidade, como reconheceu o comandante Matias Diogo quando afirmou que “sem o apoio da Câmara Municipal do Seixal a Divisão Policial do Seixal continuaria, decerto, no plano das ideias”.

Como tal foi com satisfação que soube da assinatura dos protocolos entre a Câmara Municipal do Seixal e o governo com vista a construção do novo edifício da Divisão Policial do Seixal, em princípio será edificado na Quinta do Cabral em terrenos camarários e a construção da nova esquadra da PSP em Corroios também em terrenos cedidos pela Câmara Municipal do Seixal. Ao contrário do que outras autarquias fazem com o governo, que cobram pelos terrenos, a atitude do poder local democrático do nosso concelho sempre se pautou pela colaboração com o estado, quando está em vista a melhoria das condições de vida da populaçao. Espero que os compromissos assumidos sejam para cumprir e não caiam no esquecimento após as eleições, mas até lá as forças de segurança continuarão a cumprir o seu dever em instalações custeadas pela CM do Seixal, este investimento das autarquias possibilitou o reforço das forças de segurança em acção no Concelho.

1 Comments:

Blogger Daniel Geraldes said...

E a Polícia Municipal teria sido uma realidade se a CM Seixal se tivesse empenhado minimamente na defesa dos cidadãos do Seixal.

1:15 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home