segunda-feira, outubro 13, 2008

PS/PSD entre 2000 e 2006 não utilizaram mais de 5 162 milhões de euros de fundos comunitários.



O atraso médio de dois anos na utilização dos fundos comunitários tem determinado uma perda média no poder de compra destes fundos que calculamos em 250 milhões de euros por ano o que dá, para o período de seis anos que devia corresponder à vigência do 3º QCA, 1.500 milhões de euros.

Além disso, devido à chamada "Regra N+2", já se verificou a perda definitiva de 20,5 milhões de euros de fundos comunitários devido ao facto de não terem sido utilizados dentro do prazo máximo de dois anos a contar do ano em que estava programada a sua utilização.

Finalmente, o atraso médio de 2 anos na utilização dos fundos comunitários tem determinado o agravamento dos problemas do País (basta recordar as consequências da grave quebra no investimento) e maiores sacrifícios para os portugueses.

2 Comments:

Anonymous luis lopes said...

Ó Kamarada Bruno,o seu título é:cinco mil milhões ou cinco milhões cento e sessenta e dois mil euros.É que pelo resto do texto...não vai por aí uma confusãosita.Já agora o quadro podia ter melhor imagem,é que eu uso óculos.

1:29 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Basta carregar no quadro que verá melhor, quanto ao resto acho que é fácil de perceber, mas como noto que tem dificuldades escrevo por extenso cinco mil, cento e sessenta e dois milhões de euros (5 162 milhões de euros).

Continua a tentar…

aldeia pp

1:42 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home