quarta-feira, outubro 08, 2008

É o capitalismo estúpidos



Ouvir no prós e contras Daniel Bessa, Van Zeller ou Rebelo de Sousa a defenderem a suspensão do PEC durante alguns anos, ver Van Zeller a afirmar que o estado deve dirigir a economia e definir quais os caminhos a seguir, é seguramente revelador da difícil situação em que nos encontramos. Para eles o capitalismo era bom quando acumulavam lucros brutais e os trabalhadores definhavam, aí os lucros eram privados, eram do exclusivo direito dos senhores empreendedores e da iniciativa privada, agora que vivem momentos difíceis o estado tem obrigação de os auxiliar com o dinheiro dos trabalhadores.

Também foi engraçado ver os especialistas dizerem que esta crise foi inesperada e surpreendente, abaixo deixo-vos um pequeno excerto da resolução política aprovada no XVII Congresso do PCP em 28 de Novembro de 2004, onde se apontava claramente as consequências do capitalismo.

Acentua-se ainda mais o grau de financeirização do capital e a hipertrofia da esfera financeira face à esfera produtiva. Os activos financeiros dos países mais desenvolvidos representam em cada país cerca de 300% do respectivo Produto Interno Bruto (PIB), e a capitalização bolsista ultrapassa o próprio PIB em países como os EUA e a Grã-Bretanha. As dificuldades de obtenção de taxas de lucro satisfatórias na esfera produtiva, que confirmam a lei sobre a baixa tendencial da taxa de lucro, contribuem para o predomínio e desenvolvimento do capital financeiro, com implicações directas negativas sobre o crescimento económico e o emprego. Os elevados volumes de fluxos financeiros, nomeadamente de curto prazo, assumem um papel crucial na crescente volatilidade e instabilidade dos mercados financeiros internacionais. Enquanto a concorrência entre o capital se agudiza a favor das grandes potências, os elevados graus de «financeirização» da economia e de interdependência mundial da chamada «globalização» potenciam a instabilidade do sistema e o surgimento de crises financeiras que, de 1975 a 1997 implicaram uma perda acumulada de cerca de 15% do produto mundial. Reforça-se o poder da oligarquia financeira sobre a economia em geral.

2 Comments:

Anonymous Anónimo said...

O amigo comunista Hugo Chávez quer aumentar o preço do petróleo!! Depoisvenham os camaradas queixarem-se quando vão abastecer os seus veiculos.

10:39 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

https://numerobis.blogspot.com

tema grafitis

9:46 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home