segunda-feira, fevereiro 25, 2008

A privatização da Água é um roubo e um crime...


O PS em campanha eleitoral nunca admitiu privatizar a Água, nem o afirma agora categoricamente, mas a verdade é que muito discretamente vão sendo dados passos nesse sentido, provavelmente é por isso que o PS no Concelho do Seixal não está muito interessado em que os municípios da região se juntem num Sistema Intermunicipal de Abastecimento de Água em Alta para a Região de Setúbal e por isso aborda demagogicamente o aumento da factura da Agua no Concelho do Seixal, como é óbvio e com as dificuldades que conhecemos qualquer aumento é mais um encargo extra para os nossos muito depauperados bolsos, o que o PS no Concelho do Seixal pretendia era que o investimento que se está a realizar por todo o Concelho, cerca de 40 milhões de euros não se fizesse e depois com a desculpa que não havia condições para construir ou melhorar as infra-estruturas necessárias, teria que se proceder à privatização, como nós sabemos o que essas privatizações têm implicado é um acréscimo de custos para os consumidores e depois de privatizado já não dá para culpar a autarquia ou o governo, depois a culpa é do mercado.

Vejamos como anda à deriva este governo e de como as mentiras se sucedem, desta vez com a negociata da privatização da água, em 2006 Nunes Correia Ministro do Ambiente afirmou que a privatização da Aguas de Portugal estava fora de questão, assim como Aquapor, Luságua, EPAL e EGF, e disse que: "a ideia de que a privatização resolve o problema do financiamento do sector é falsa". Mas em 2007 o governo a que este senhor pertence já admitia a privatização e fez uma avaliação do Grupo Aguas de Portugal para ver quanto é que os senhores do governo socialista poderiam encaixar com a negociata da água e para vermos como as mentiras se sucedem com este governo do PS, a imprensa económica noticia hoje que a Aquapor empresa do Grupo Aguas de Portugal será privatizada até ao fim do 1º trimestre de 2008, umas das empresa que em 2006 o ministro garantia que não seria privatizada, como podemos ver aos dirigentes do PS pouco interessa a factura da água, pois o que lhes interessa mesmo é ganhar dinheiro para os cofres do governo com a privatização da Água, um bem essencial que pela sua importância nunca deveria deixar de ser publico, mas para os dirigentes do PS tudo tem um preço.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home