quinta-feira, setembro 06, 2007

Falemos mais da Colômbia


No site da senadora colombiana Piedad Córdoba podemos encontrar um vídeo em que mostra a ligação do presidente colombiano Álvaro Uribe aos paramilitares das AUC que são responsáveis por milhares de assassínios, torturas e os principais responsáveis pelo tráfico de droga na Colômbia.


Este segundo vídeo é a confissão de um paramilitar a explicar com assassinou centenas de pessoas dizendo que alem das valas comuns também os rios colombianos se encontram cheios de “campesinos” aos quais eram abertos buracos na barriga e lhes colocavam pedras, depois deitavam-nos ao rio, o relato e a frieza com que este homem fala demonstra bem o que são os paramilitares amigos do presidente colombiano, este homem que friamente reconhece a forma como esquartejou centenas de pessoas, poderá vir a sair em liberdade porque o amigo Uribe criou uma lei que amnistia os paramilitares.



O terceiro vídeo mostra a forma como os paramilitares roubaram terras à comunidade negra na Colômbia e uma vez mais a empresa responsável por esse roubo era apoiada pelo governo de Uribe e nessas terras roubadas alem de se plantar Palma, também se plantava coca.

Volto a repetir-me para aqueles que estão constantemente a cagar sentenças sobre as Farc, sobre estas situações nem um comentário, ninguém os ouve tugir ou mugir sejam eles (pseudo) canhotos ou destros, a realidade do povo colombiano é infelizmente bem mais complexa e dura que eles imaginam, um plano de paz que dê voz a todos os colombianos é urgente mas isso não interessa a Uribe e aos seus paramilitares, esta situação de guerra favorece os seus interesses, mas do outro lado existem forças democráticas que pretendem um processo de paz para a Colômbia, como por exemplo a senadora do Partido Liberal Piedad Córdoba, o PDA (Polo democrático Alternativo) ou o Partido Comunista da Colômbia, que é devidamente reconhecido como um parceiro pelas forças da oposição na Colômbia (não está ilegalizado como o Herri Batasuna* ) ou não estivessem eleitos um deputado e um senador nas listas do PDA, mas que em Portugal os nossos democratas selectivos e alguns deles dizem-se de esquerda gostavam de proibir a sua entrada no nosso país, eu gostaria de conhecer a opinião de alguns socialistas como este ou este sobre o PDA e se também os consideram terroristas ou pouco dignos de entrarem em Portugal.

Seria bom que pelos menos este burburinho levantado por alturas da Festa do Avante servisse para se conhecer os graves problemas do povo colombiano, mas o objectivo infelizmente não é esse, o objectivo é falar mal do PCP e dos comunistas portugueses, que em matéria de luta pela liberdade têm um património histórico que não tem medo de comparações com ninguém.


Camaradas e amigos a gente vê-se lá pela Festa.






* Quem dá o pouco que tem, a mais não é obrigado.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home