segunda-feira, julho 23, 2007

Depois privatizamos o Ar


Este governo continua a total delapidação do nosso património e agora vai vendendo os dedos a um ritmo alucinante a segunda fase da privatização da REN o que poderá levar à perca da maioria do capital da empresa na posse do estado português, um monopólio estatal que mais cedo ou mais tarde irá passar para um qualquer gigante privado, mais um prego no caixão da nossa “independência economica”. Para justificar as mais diversas medidas que toma, o governo socialista diz que está a cumprir com o programa de governo, mas a privatização da REN, nunca fez parte do programa do governo e ainda em 2006 os ministros do governo socialista diziam que estava fora de questão a venda da REN, mas como faziam falta receitas, procedeu-se à privatização da REN, ou seja recorreu-se ás receitas extraordinárias.


Agora também o grupo Aguas de Portugal começa a preparar caminho para a privatização, ou seja o início da privatização de um bem que é de todos e que será dentro de alguns anos o bem mais valioso, mas para este governo socialista tudo serve para fazer negócio e o negócio da água vem já a seguir, realmente vivemos tempos de mudança em que um governo que se diz socialista entrega a privados recursos naturais e energéticos que são de todos nós e assim se deveriam manter, mas para esta esquerda dita moderna é tudo para privatizar, até a Água, depois será o ar.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home