terça-feira, janeiro 22, 2008

O Burro não foi só o Carmona



A permuta de terrenos Parque Mayer (Bragaparques) e Feira Popular (CM de Lisboa), transformou-se e bem num caso de polícia, pois as ilegalidades em torno desta negociata foram mais que muitas, mas se a Carmona se imputam as principais responsabilidades pois era ele o Presidente, não podemos esquecer que outros deram o seu consentimento ao negócio, ou pelo menos não se opuseram, mas que neste momento fazem de conta que nada lhes foi perguntado, mas foi e na Assembleia Municipal de Lisboa somente o PCP e Os Verdes se opuseram ao negócio, os restantes concordaram ou abstiveram-se (PSD, PS, CDS e BE), como podemos ver não foi só o Carmona, mas o que interessa agora é tentar arranjar a melhor solução para que Lisboa não perca mais do que aquilo que já perdeu com esta negociata e penso que nulidade da permuta de terrenos do Parque Mayer é para já a melhor solução.

4 Comments:

Blogger Ponto Verde said...

Excelente artigo, de muito interesse para a Aldeia de Paio Pires.

1:02 da tarde  
Anonymous aldeia pp said...

O almoço correu-te mal e depois eu é que tenho que aturar, cura-te otário

1:15 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Será que o Sá Fernandes não pode vir até ao Seixal?? É que por aqui já houve cada permuta que é de bradar aos céus!!

10:31 da tarde  
Anonymous aldeia pp said...

Antes de aparecer o Sá Fernandes já o PCP tinha denunciado a negociata ao Ministério Publico e opôs-se a este negócio na Assembleia Municipal de Lisboa, eu sei que na Assembleia Municipal do Seixal estão membros de vários partidos e sabendo “dessas permutas” não houve um único que o tenha denunciado, porque dessa forma seria fácil punir os responsáveis, assim não passa de um qualquer desabafo numa caixa de comentários, que como deve calcular pouco ou nenhum interesse tem.

9:53 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home