quinta-feira, janeiro 10, 2008

Nunca digas “jamais”

O governo do PS dá o dito pelo não dito uma vez mais e voltou atrás novamente, o que em tempos foi “jamais” é agora o mais provável, sobre um novo aeroporto para Portugal já aqui falámos diversas vezes e independentemente da sua localização o mais importante é verificar que o investimento que será feito na nova infra-estrutura se justifica realmente, porque o que temos assistido aos diversos governos em Portugal é que se promove grandes obras publicas como sendo essenciais ao desenvolvimento do país, mas após a conclusão das mesmas verificamos que o nosso aparelho produtivo vai desaparecendo e as condições de vida dos portugueses estão cada vez piores, por isso mais importante que a localização do novo aeroporto de Lisboa é o modelo de aeroporto que se pretende construir e o seu financiamento, como tal privatizar a Tap e a ANA-Aeroportos de Portugal é um erro crasso que custará muito ás gerações vindouras, mas esta questão ainda irá ser muito discutida, uma vez mais volto a repetir a construção de um novo aeroporto é mais do que um concurso de localizações, pois os interesses do país devem prevalecer.

Só a titulo de curiosidade e para recordar alguma declarações de responsáveis socialistas:

1º Mário Lino Ministro das Obras Publicas

«Fazer um aeroporto na margem Sul seria um projecto megalómano e faraónico, porque, além das questões ambientais, não há gente, não há hospitais, não há escolas, não há hotéis, não há comércio, pelo que seria preciso levar para lá milhões de pessoas»

«Não é no deserto que se faz um aeroporto»

2º Almeida Santos

«Um aeroporto na margem sul tem um defeito: precisa de pontes. Suponham que uma ponte é dinamitada? Quem quiser criar um grande problema em Portugal, em termos de aviação internacional, desliga o Norte do Sul do País»

3ª Maria Amélia Antunes, Presidente CM Montijo

"Perante os estudos elaborados por entidades credíveis que apontam a Ota como a melhor solução para Portugal, não é muito sensato embarcar em soluções peregrinas de última hora, soluções propostas por técnicos que podiam ter apresentado esses estudos desde 1999 e não o fizeram"

"A Câmara do Montijo acredita que a Ota, mesmo comportando riscos e possuindo pontos fracos, é, apesar de tudo, uma boa solução e a melhor solução..."

1 Comments:

Blogger GR said...

Almeida Santos, impossível não estar senil!
Mário Lino, um invertebrado sem ponta de ética, um bobo!
Este desgoverno é um escândalo, constituído por mercenários e serventuários da EU!

GR

11:53 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home