segunda-feira, janeiro 07, 2008

A mentira tem perna curta, mas em contrapartida....


Alguns membros do PS aquando dos encerramentos dos SAP’s de Corroios e Seixal vieram logo colocar-se em bicos de pés e defender o indefensável, aqui pela Aldeia de Paio Pires ainda ouvi um ou outro a tentar uma defesa, mas valha a verdade notava-se pouca convicção nas suas palavras, por sua vez os responsáveis do PS no Concelho do Seixal vieram logo em defesa dos ultra modernos conceitos de saúde gizados pelo não menos moderno governo socialista e diziam que os Serviços de Atendimento Permanente não servem para dar resposta a casos urgentes, somente atendem a achaques, é claro que um SAP não serve só para isto e se fosse esta a lógica não se teria aberto estes serviços um pouco por todo lado, o objectivo destes serviços de proximidade, além de dar resposta aos achaques visam descongestionar as verdadeiras urgências hospitalares de modo a que não suceda o mesmo que aconteceu no Hospital de Aveiro, ou ao que sucede no Garcia de Orta onde se acotovelam nas urgências, doentes em espera, já em tratamento, familiares e acompanhantes, num espectáculo muito pouco digno, mas há quem chame isto de progresso e qualidade de vida.

O trágico acontecimento de Aveiro levou a que o Hospital de Aveiro tenha a necessidade de contratar Médicos de Clínica Geral para fazer uma triagem antes de encaminhar os pacientes para os especialistas se for caso disso, ou seja criar um SAP nas urgências hospitalares, este facto só vem provar uma vez mais que os novos conceitos de saúde são uma treta que nos tentam impingir enquanto vão poupando(esbanjam noutros lados) dinheiro à custa da saúde dos portugueses, a mentira tem de facto perna muito curta, mas deixa os senhores do governo rosa e seus acólitos defensores com um nariz que faria inveja ao filho do velho mestre Gepeto, quando se encontrava inspirado.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home