segunda-feira, novembro 12, 2007

O corta fitas de Espanha e o rigor informativo da RTP

Todos soubemos que este fim-de-semana houve uma Cimeira Ibero Americana, porque o corta fitas de Espanha esqueceu-se por instantes que a Venezuela e a Nicarágua já não lhe pertencem, mas sobre este assunto já muito se falou, mas gostaria de vos dizer como se faz informação em Portugal e de como se tenta formatar consciências na nossa democracia. No Domingo assistia eu à RTP N ao Jornal da Manhã e o jornalista que normalmente comenta os jornais do dia sobre este assunto começou por dizer “que o Rei Juan Carlos fez muito bem em ter mandado calar Hugo Chavez, que é um Presidente que chegou ao poder através de um golpe de estado e que depois teve uma pequena fase em que houve democracia e que neste momento já não existe”, depois de ouvir isto deixei de prestar especial atenção ao que o senhor que presumo ser jornalista dizia, mas dá para ver bem como se faz informação livre em Portugal, porque não acredito que alguém que se diz jornalista não saiba que Hugo Chavez chegou a Presidente da Venezuela através de sufrágio, ao contrário do chefe de estado de Espanha.

1 Comments:

Blogger Fernando Samuel said...

Estão bem um para o outro: o corta fitas e a RTP N.

11:56 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home