sexta-feira, novembro 09, 2007

A Luta continua

Este governo do PS, assim como outros do PSD têm feito tudo para que os portugueses vejam os funcionários públicos como sendo os responsáveis da situação de miserabilismo a que o PS e o PSD nos conduziram e num crescente populismo e demagogia dizem que cortam direitos aos funcionários públicos, para nivelarem (por baixo) com os do privado, não dizem é que enquanto cortam direitos aos trabalhadores, reformados e deficientes, com o argumento mentiroso da equidade fiscal, por outro lado dão benesses ficais aos já detentores de fabulosas fortunas, como tal só posso estar solidário com a Greve Geral da Função Publica por mais transtornos que ela possa causar, porque só a luta pode mudar o rumo deste governo claramente de direita, que elegeu os mais desfavorecidos para suportar a crise, crise que é só para alguns porque estes ano, após ano, tem sido sempre a acumular.

Esta Greve Geral da Função Publica foi marcada FESAP, STE e Frente Comum sindicatos afectos à UGT e CGTP, espero que os do costume não se lembrem há ultima hora mudarem o dia de greve para 31 de Novembro.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home