segunda-feira, julho 23, 2007

Inspeccionamos coiratos, unidades industriais não


Incêndio numa fabrica de pneus em Ovar, incêndio na Ecometais na Aldeia de Paio Pires, incêndio numa exploração agrícola em Torres Novas matou 14 000 mil perdizes, incêndio destrói fabrica de têxteis em Rio Tinto, fabrica evacuada em Alcácer devido a derrame, Fábrica no Barreiro pára por excesso de emissão de SO2, fabrica de velas foi reduzida a cinzas no Parque Industrial da Devesa, em Tamel S. Veríssimo (Barcelos), tudo isto foram problemas que ocorreram em diversas áreas industriais dos mais diversos pontos do país, nas ultimas semanas e que demonstra que provavelmente em vez de brigadas de dezenas de pessoas a inspeccionar bifanas e coiratos em feiras com as câmaras de televisão atrás, deveríamos verificar em que condições estão a laborar milhares de trabalhadores e que prejuízos ambientais estão a causar algumas empresas por não estarem a funcionar correctamente, trata-se de prioridades, a segurança dos trabalhadores e a defesa do meio ambiente não são preocupações do governo, como tal é o deixa andar e os problemas vão-se agravando.

Também existe outra solução para resolver este problema, culpar a CM do Seixal.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home