terça-feira, setembro 09, 2008

Perante a incapacidade do governo, é uma vez mais o município do Seixal....

Hoje leio que a Câmara Municipal de Lisboa que é governada pelo PS e pelo BE falhou 3 candidaturas ao QREN, muitos mais municípios falharam candidaturas ou pura e simplesmente não conseguiram apresentar os projectos a tempo nesta primeira fase em virtude do governo do PS por critérios puramente eleitoralistas ter atrasado o QREN em mais de 800 000 minutos e depois ter dado prazos apertados para a apresentação de candidaturas, agora fico com curiosidade em saber se os grupos do PS e do BE na assembleia Municipal de Lisboa irão pedir uma Assembleia Extraordinária, a exemplo do que fizeram aqui pelo Concelho do Seixal.

Como todos sabemos a oposição aqui pelo Concelho do Seixal demitiu-se das suas funções há mais de trinta anos e infelizmente parece que teimam em não assumir os lugares para os quais foram eleitos pela população do Concelho do Seixal, a não comparência da oposição e o seu total desconhecimento da realidade da autarquia é crónico, como podemos facilmente constatar neste caso do QREN quando afirmam que a Câmara Municipal do Seixal perdeu 6 milhões de euros de verbas comunitárias, quando o máximo que poderia obter seriam 2,5 milhões de euros e esquecendo que ainda haverá uma 2ª fase, também o pedido de demissão do vereador Joaquim Santos é por demais ridículo, pois este na qualidade de Vice-presidente, assumiu a responsabilidade de substituir o Presidente que se encontrava de férias e respondeu aos órgãos de comunicação social que pretenderam obter declarações por parte do executivo camarário, por esse motivo a oposição exige a sua demissão, caso tivesse sido uma qualquer outra pessoa a responder aos jornalistas, neste momento certamente que a oposição estaria a pedir a sua demissão.

Esta candidatura também demonstra uma vez mais que o governo não consegue responder às suas responsabilidades, relembro aos esquecidos e aos que desconhecem ou fingem desconhecer a realidade do nosso Concelho que os bairros abrangidos pelo projecto ao qual se irá candidatar a Câmara Municipal do Seixal são da inteira responsabilidade do governo, só que uma vez mais e a exemplo do que sucede em praticamente tudo no nosso Concelho, a autarquia substitui-se ao governo e pretende investir mais de três milhões e meio de euros nestas zonas e esperando obter um financiamento comunitário de 2,5 milhões de euros, visto que os governos de PS/PSD e a muleta CDS nunca assumiram as suas responsabilidades perante as pessoas que habitam nestas zonas do nosso Concelho.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home