quarta-feira, abril 16, 2008

A falhada governação do PS e as suas constantes mentiras


A 16 de Outubro de 2007 no ao pior estilo Sócretino o governo anunciava propagandisticamente que os funcionários públicos não perderiam poder de compra, como podem abaixo constatar:

O ministro das Finanças, Teixeira dos Santos, disse hoje que a proposta de aumento de 2,1 por cento para os funcionários públicos, valor igual ao da inflação prevista para 2008, é "um passo em frente, um passo positivo relativamente à orientação de anos anteriores".

O aumento proposto é o "possível" e mantém "o poder de compra", ao contrário do que aconteceu com as actualizações de 1,5 por cento registadas nos dois anos anteriores, que "nem sequer correspondiam à inflação esperada", reconheceu.


Uma vez mais a realidade veio confirmar que a propaganda do governo, não passam de truques e mentiras para enganar os portugueses, infelizmente quem sofre as consequências são os trabalhadores e os mais desfavorecidos e como todos sabem a inflação já atinge os 3,1% o que leva a que os trabalhadores da administração pública estejam novamente a perder poder de compra, confrontado com a promessa de que os trabalhadores não iriam perder poder de compra em 2008, o governo do PS diz que: É uma questão que tem de ser vista no momento próprio e no processo negocial próprio, que não é agora, mas em Setembro”, uma vez mais mentem e desde já prometem que no próximo orçamento de estado será diferente.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home