terça-feira, outubro 02, 2007

"Hasta la vitória, siempre"


Há cerca de um ano escrevia aqui que o Che estava vivo e bem vivo, ironia das ironias 40 anos após o seu assassinato Che Guevera vence mais um combate e precisamente sobre o homem que o assassinou com o apoio da CIA, o sargento boliviano Mário Teran, o assassino de Che disse há alguns anos atrás à imprensa que quando se preparava para liquidar o revolucionário latino-americano que Che mesmo ferido e cansado “era um homem grande, muito grande” e que vendo o sargento amedrontado lhe disse “atire você vai matar um homem”, agora quatro décadas depois o sargento assassino Mário Teran foi operado ás cataratas sem gastar um tostão pelos médicos cubanos que participam na denominada “Operação Milagre” que já devolveu a visão a centenas de milhares de latino americanos, nunca o sargento Mário Teran imaginou que seriam os filhos da revolução cubana a vir em seu auxilio, Margarita Andreu assegura que teria tratado o ex-militar mesmo sabendo a sua identidade. «É nosso dever, nossa obrigação. E, depois, o Che acaba de ganhar outra batalha», comentou.

2 Comments:

Blogger Ponto Verde said...

Palhaçada de artigo. O Comunismo e os seus mitos, que distantes são da realidade.

9:49 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Provavelmente o que estas a precisar é de uma operação às cataratas ou então teres moderação ao jantar e assim tens menos comentários parvos.

aldeia pp

9:28 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home