quarta-feira, maio 14, 2008

Candidata ao Sócretino de Ouro


Maria Amélia Antunes, Presidente CM Montijo, basta ver o que dizia a senhora acerca do Aeroporto na Ota, quando cegamente defendia os interesses do governo do PS, não se importando muito com os interesses do país e muito menos os dos montijenses, abaixo algumas das declarações da senhora Presidente:

"Perante os estudos elaborados por entidades credíveis que apontam a Ota como a melhor solução para Portugal, não é muito sensato embarcar em soluções peregrinas de última hora…. A Câmara do Montijo acredita que a Ota, mesmo comportando riscos e possuindo pontos fracos, é, apesar de tudo, uma boa solução e a melhor solução..."

Há alguns dias li algumas declarações da senhora Maria Amélia Antunes, que dizia que: “Aqui não existe uma tradição em políticas intermunicipais, só quando somos obrigados, como no caso da Simarsul e Amarsul que fomos obrigados a ser accionistas”, provavelmente a senhora Maria Amélia Antunes quis dizer que quando se trata de parcerias tipo Simarsul e Amarsul em que a maioria do capital poderá ficar nas mãos de privados a CM do Montijo adere, pois os superiores interesses da estratégia de privatização da Aguas de Portugal está devidamente defendida, já quando se trata da Associação Intermunicipal de Água da Região de Setúbal que é composta pelos municípios de Alcochete, Almada, Barreiro, Moita, Palmela, Seixal, Sesimbra e Setúbal o único município da Península de Setúbal que ficou de fora foi precisamente o do Montijo, pela sua falta de tradição de resolver problemas comuns em conjunto, mas principalmente porque neste caso a maioria do capital fica nos municípios e não nas Águas de Portugal.

1 Comments:

Anonymous Anónimo said...

O cúmulo do seguidismo político. E o povo, porque não se apercebe, continua a votar inconscientemente.

10:02 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home