sexta-feira, fevereiro 02, 2007

Prós e contras

Mais um debate sobre a IVG e uma vez mais os defensores do Não mantêm a sua campanha de baixo nível e agora que estamos na parte decisiva o nível tende a baixar mais, à falta de argumentos eles tendem a levar a questão para assuntos que não estão em discussão neste referendo, mas no calor da discussão deixam cair a máscara e Fernando Santos disse aquilo que pensam e defendem grande parte dos defensores do Não que a actual lei está mal e que as mulheres que abortam por mal formação do feto e por violação são criminosas, nunca pensei dizer isto mas prefiro ouvi-lo como treinador do Benfica, a escritora Rita Ferro elaborou um pequeno texto em que para ela a mulher que vai abortar o faz por coisas fúteis, como não engordar ou comprar um carro novo, a fadista Katia Guerreiro tem um dom enquanto ela fala eu não a escuto, Aguiar Branco que foi ministro da justiça teve a grande lata de dizer que o que estava em causa não era o código penal e que não concordava com esta pergunta que vai a referendo, mas depois foi lembrado que votou favoravelmente esta pergunta na Assembleia da Republica o que por si só demonstra bem a grande hipocrisia de grande parte dos defensores do Não.

Do lado do Sim gostei do texto da Lídia Jorge onde tentou “retratar” o sofrimento que é para uma mulher ter que recorrer ao aborto, só alguém muito estúpido pode pensar o contrário, as participações dos apoiantes do Sim no geral centraram-se na questão a que temos que dar resposta, que é o aborto clandestino, com todos os problemas que dai advêm para a mulher, votando sim as mulheres deixaram de ser criminalizadas por uma situação que a maioria dos portugueses não considera crime e poderão ter acesso a cuidados de saúde que ajudarão a resolver um grave caso de saúde publica, votando Não é manter a actual situação em que o aborto é liberalizado só que feito na clandestinidade em que as mulheres são duplamente penalizadas, alem de não poderem recorrer a serviços de saúde ainda são consideradas criminosas.



(Finalmente conseguimos colocar um post, porque todos os que tentamos colocar ao longo da semana saíram em branco.)

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home