quarta-feira, janeiro 24, 2007

Tomei a liberdade de copiar este post do blog do Pedro Namora


A bicharada

"A condenação de um militar a seis anos de prisão por alegado sequestro de uma menor, uma criança de quatro anos que o militar pretende adoptar e se recusa a entregar ao pai biológico, foi o pretexto para que um vastíssimo leque de personalidades viesse a terreiro manifestar a sua preocupação e empenho.
De acordo com o jornal “Público”, as pessoas que fazem parte deste grupo que contesta a sentença do tribunal de Torres Novas têm experiência na área da protecção de menores.
Ao vê-los na televisão, tão empenhados, não pude deixar de pensar numa questão aparentemente simples: por onde andou a maioria desta gente, aliás, onde se escondeu esta multidão com “experiência na área da protecção de menores” quando por proteger estavam centenas de meninos da Casa Pia de Lisboa? Com honrosas excepções, por que não fizeram então as diligências que agora anunciam sem conhecerem uma linha do processo judicial? As crianças abusadas sexualmente são menos dignas de solidariedade? Temeram afrontar arguidos poderosos?
De todas as pessoas que vi agora, uma causou-me especial aversão: Maria Barroso. Quando se iniciou a investigação do designado processo da Casa Pia, na companhia do cônjuge ou a sós, sempre se pronunciou contra as vítimas, igualmente crianças.
De facto, a hipocrisia é medonha. Desejo que a menina fique com quem a ama e sempre cuidou. E que a bicharada que em torno do seu caso se movimenta, com interesses que nada têm a ver com os da menina, seja mantida a conveniente distância".


posted by Pedro Namora

2 Comments:

Blogger Pedro Namora said...

Obrigado, camarada.

9:35 da tarde  
Anonymous aldeia-pp said...

Não tens que agradecer nada Pedro, eu é que agradeço a luta que tens travado para que seja feita justiça.

2:24 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home