terça-feira, janeiro 16, 2007

A Ordem dos Médicos diz que no Hospital Amadora-Sintra estão a trabalhar médicos estrangeiros em urgências obstetrícias sem a necessária especialização, são as maravilhas que a gestão privada de hospitais públicos consegue e entretanto o grupo José de Mello Saúde vai enchendo os bolsos.

2 Comments:

Blogger GR said...

Nunca deu tanto dinheiro como (agora) a Saúde!
O Carrasco do Correia Campos encerra Hospitais, Urgências, Maternidades.Médicos portugueses, desempregados.
Doentes sem dinheiro, para serem tratados!
O grande capital esfrega as mãos de contentes!
Que país é este?

GR

11:53 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

É o país em que se espera sete horas por assistência médica e o nosso ministro da saúde acha normal.


aldeia-pp

2:14 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home